502 Proxy Error

Proxy Error

The proxy server received an invalid response from an upstream server.
The proxy server could not handle the request POST /servicos/services/Banner/SelectedBanner.asp.

Reason: DNS lookup failure for: mill.mj.gov.br

502 Proxy Error

Proxy Error

The proxy server received an invalid response from an upstream server.
The proxy server could not handle the request POST /servicos/services/Banner/SelectedBanner.asp.

Reason: DNS lookup failure for: mill.mj.gov.br

502 Proxy Error

Proxy Error

The proxy server received an invalid response from an upstream server.
The proxy server could not handle the request POST /servicos/services/Banner/SelectedBanner.asp.

Reason: DNS lookup failure for: mill.mj.gov.br

502 Proxy Error

Proxy Error

The proxy server received an invalid response from an upstream server.
The proxy server could not handle the request POST /servicos/services/Banner/SelectedBanner.asp.

Reason: DNS lookup failure for: mill.mj.gov.br

Quinta-feira, 5 de março de 2015
502 Proxy Error

Proxy Error

The proxy server received an invalid response from an upstream server.
The proxy server could not handle the request POST /servicos/services/menubar/MenuBarSimple_IE.EZTObj.asp.

Reason: DNS lookup failure for: mill.mj.gov.br

  Órgãos de Segurança
  Sistema Único
  Conselho Nacional - Conasp
  Estratégia Nacional - Enasp
  Editais 2013
  Educação e Valorização
  Estatísticas
  Força Nacional
  Modelos de Formulários
  Termo de Referência
  Passaporte
  Produtos Químicos
  Segurança de Grandes Eventos
  Segurança Portuária
  Segurança Privada
  Segurança Rodoviária
502 Proxy Error

Proxy Error

The proxy server received an invalid response from an upstream server.
The proxy server could not handle the request POST /servicos/services/menubar/MenuBarSimple_IE.EZTObj.asp.

Reason: DNS lookup failure for: mill.mj.gov.br

Segurança Pública » Segurança Privada  »  Segurança Pessoal

Segurança Pessoal

A atividade de segurança pessoal é exercida com a finalidade de garantir a incolumidade física de pessoas.

Requisitos de autorização

Art. 36. O exercício da atividade de segurança pessoal dependerá de autorização prévia do DPF, mediante o preenchimento dos seguintes requisitos:

I -possuir autorização há pelo menos 01 (um) ano na atividade de vigilância patrimonial ou transporte de valores;

II -contratar, e manter sob contrato, o mínimo de 08 (oito) vigilantes com extensão em Segurança Pessoal e experiência mínima de um ano nas atividades de vigilância ou transporte de valores.

linha de separação de texto

Processo de autorização

Art. 37. O requerimento de autorização de funcionamento na atividade de segurança pessoal será dirigido ao Coordenador-Geral de Controle de Segurança Privada, anexando os seguintes documentos: (Texto alterado pela Portaria nº 515/2007-DG/DPF)

I – cópia ou certidão dos atos constitutivos e alterações posteriores, registrados na Junta Comercial ou Cartório de Pessoa Jurídica e minuta da alteração dos atos constitutivos da empresa quanto ao seu objeto social; (Texto alterado pela Portaria nº 515/2007-DG/DPF)

II -relação atualizada dos empregados, das armas, das munições e dos veículos utilizados;

III -comprovante da contratação de seguro de vida dos vigilantes;

IV -comprovante de quitação das penas de multa eventualmente aplicadas à empresa por infração administrativa aos dispositivos desta portaria.

V- comprovante de recolhimento da taxa de alteração de atos constitutivos. (Texto incluído pela Portaria nº  515/2007-DG/DPF)

§1°. Os vigilantes deverão estar com a formação, a extensão ou a reciclagem e o seguro de vida dentro do prazo de validade.

§2°. O vigilante deverá utilizar em serviço traje adequado à missão, estabelecido pela empresa, não assemelhado ao uniforme das forças de segurança pública, com logotipo, visível ou não, portando todos os documentos aptos a comprovar a regularidade da execução do serviço de segurança pessoal contratado.

Art. 38. As empresas autorizadas a exercer a atividade de segurança pessoal deverão comunicar o início de suas atividades à Secretaria de Segurança Pública da respectiva Unidade da Federação.

linha de separação de texto


Atividade

Art. 39. A execução da segurança pessoal iniciar-se-á, obrigatoriamente, no âmbito da Unidade da Federação em que a empresa possua autorização.

Art. 40. As empresas que exercerem a atividade de segurança pessoal cujos vigilantes necessitarem transitar por outras unidades da federação, deverão comunicar a operação, previamente, às unidades do DPF e do DPRF, e às Secretarias de Segurança Pública respectivas.

Informações obtidas na portaria DPF nº 387/2006 - atualizadas em 01/04/2008

 

Busca
Ok
Buscar somente no tema Segurança Pública
502 Proxy Error

Proxy Error

The proxy server received an invalid response from an upstream server.
The proxy server could not handle the request POST /servicos/services/MJ/FaleConosco/Banner.EZTSvc.asp.

Reason: DNS lookup failure for: mill.mj.gov.br

502 Proxy Error

Proxy Error

The proxy server received an invalid response from an upstream server.
The proxy server could not handle the request POST /servicos/services/MJ/FAQ/Banner.EZTSvc.asp.

Reason: DNS lookup failure for: mill.mj.gov.br

502 Proxy Error

Proxy Error

The proxy server received an invalid response from an upstream server.
The proxy server could not handle the request POST /servicos/services/Banner/SelectedBanner.asp.

Reason: DNS lookup failure for: mill.mj.gov.br

Legislação
Conheça a portaria que consolida as normas de segurança privada 


Nova Portaria
Coneça a Portaria que altera a Portaria 387/2006. 


Regularidade de empresa
Consulta por CNPJ 


Retorna Sobe