data/documents/storedDocuments/{334263AD-A534-4B0E-AD1D-363427828AB4}/{73F17C2B-4A61-458C-AF49-76E7575B2807}/MJ.gif
Reforma do Judiciário
pixel
Quinta-feira, 18 de outubro de 2012
pixel
pixel

pixel
pixel
  Institucional
  Ações
 Mapa de Ações
 Acesso à Justiça
 Alterações legislativas
 Assistência ao Preso
 Força Nacional da Defensoria
 Capacitação de Operadores
 Efetivação Lei Maria da Penha
 Justiça Comunitária
 Modernização da gestão
 Pesquisa/Diagnóstico
 Projeto Pacificar
  Pacto Republicano
 Ação Civil Pública
  Reforma Constitucional
 Controle externo
 Ingresso nas carreiras
 Crimes contra D. Humanos
 Quarentena
 Defensorias Públicas
  Projetos Infraconstitucionais
 Alterações P. Trabalhista
 Alterações Processo Civil
 Alterações Processo Penal
 Emenda Constitucional
 Projetos sugeridos
  Provimento e Vacância
 Fluxograma
 Processos de Provimento
 Processo de Vacância
 Processos concluídos
 Publicadas
 Tramitação/Andamento
 Requisitos legais
  Banco de Iniciativas
 Acesso à Justiça
 Agilidade Processual
 Conciliação
 Informatização
pixel
pixel
  Serviços
Clipping
Entrevista
Estrutura
Eventos
Licitação
Links
Mapa
Notícias
Publicações
Seleção de consultores
pixel
pixel
pixel
pixel
Reforma do Judiciário » Ações  »  Capacitação de Operadores
pixel
pixel
pixel
pixel

Capacitação de Operadores

Capacitação de Operadores do Direito na Aplicação dos Direitos Humanos e Fundamentais

A Secretaria de Reforma do Judiciário (SRJ), em parceria com a Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH) da Presidência da República, está formatando uma proposta de Curso Aplicado de Direitos Humanos e Fundamentais, a ser desenvolvido também com as escolas das diferentes carreiras jurídicas, contemplando os tratados internacionais, a legislação nacional efetivadora dos preceitos constitucionais, jurisprudência internacional e local.

Com esta ação, a SRJ objetiva formar parceria com as escolas de formação e aperfeiçoamento da Magistratura, do Ministério Público, da Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil e advocacia pública, em temas de Direitos Humanos no âmbito dos casos jurídicos concretos.

Para implementação dos cursos, os interessados devem apresentar projetos identificando o curso a ser ministrado, acompanhado do plano de trabalho, que deve conter detalhamento da proposta, incluindo o valor pleiteado. A partir da aprovação dos projetos, serão assinados convênios com os parceiros.

Como enviar projetos

Investimentos 2009: R$ 1 milhão

Ação Pronasci/Objeto SICONV
Ação XX /PI XXXX - Capacitação de Operadores do Direito na Aplicação dos Direitos Humanos e Fundamentais

Contextualização
Formar parceria com a Defensoria Pública, Ministério Público e Tribunal de Justiça e/ou Escolas oficiais para capacitação de profissionais do sistema de justiça em Direitos Humanos, construindo uma metodologia de abordagem e de aplicação dos Direitos Humanos e Fundamentais no âmbito dos casos jurídicos concretos.

Observações gerais para o cadastramento de proposta
A proposta deverá ter o início de vigência do objeto a partir de junho de 2009. O prazo mínimo e máximo para a execução dos objetos é, respectivamente, de 6 a 12 meses.

  • São anexos indispensáveis à análise da proposta: Projeto básico, Plano de Trabalho e Pesquisa de Preços dos itens que serão adquiridos e serviços a serem contratados, junto a no mínimo duas empresas

Após o cadastro da proposta, quando do envio à análise, o proponente deverá enviar o número da proposta, para o e-mail: cursodireitoshumanos.srj@mj.gov.br, a fim de que seja iniciada a fase de análise pelo concedente. Caso a proposta sofra alguma diligência, o prazo para o respectivo atendimento é de 5 dias úteis.

 

Mais informações pelo e-mail cursodireitoshumanos.srj@mj.gov.br ou fone (61) 2025.9118.

 

pixel
pixel
pixel
pixel
Busca
Ok
Buscar somente no tema Reforma do Judiciário
pixel
pixel
Meus Dados
pixel
pixel
Banner de ligação com o Tire suas Dúvidas
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
Retorna Sobe

 © 2007 Ministério da Justiça