data/documents/storedDocuments/{334263AD-A534-4B0E-AD1D-363427828AB4}/{73F17C2B-4A61-458C-AF49-76E7575B2807}/MJ.gif
pixel
Quarta-feira, 17 de outubro de 2012
pixel
pixel

pixel
pixel
  CJI em Matéria Civil
 Roteiro de Tramitação
 Acordos Internacionais
 Orientações por diligência
 Orientações por País
 Modelos
 Crianças - "Busca e Apreensão" e Adoção
 Contato
  CJI em Matéria Penal
 Acordos Internacionais
 Orientações por País
 Modelos
 Contato
  Mercosul
 Justiça
 Acordos RMJ
 Interior
 Acordos RMI
pixel
pixel
  Serviços
Concursos e Seleções
Eventos
Links
Notícias
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
Cooperação Internacional » Mercosul  »  Interior
pixel
pixel
pixel
pixel

Interior

Reunião de Ministros do Interior

Diferentemente da maioria dos países do bloco, que possuem ministérios distintos para tratar de assuntos vinculados à Justiça e à Segurança Pública (Interior), no Brasil esses temas estão sob a competência de um único Ministério. Tanto no caso da Reunião de Ministros da Justiça, como da Reunião de Ministros do Interior do Mercosul, participam os senhores Ministros da Justiça e do Interior ou funcionários de hierarquia equivalente de cada Estado Parte, seja ele membro pleno (Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai) ou associado (Bolívia, Chile, Peru, Colômbia, Equador e Venezuela). As mencionadas reuniões ministeriais ocorrem uma vez por semestre no Estado que ocupa a Presidência Pro Tempore do bloco, que é rotativa, por semestre e por ordem alfabética entre seus membros plenos.

A Reunião de Ministros do Interior do Mercosul (RMI) foi criada a partir da Decisão nº 07/96, de 17 de dezembro de 1996. Seu antecedente imediato relaciona-se ao acordado na VI Reunião de Ministros da Justiça do Mercosul (22 de novembro de 1996), para a qual foram convidados a participar os Ministros do Interior da Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Sua primeira reunião oficial ocorre, entretanto, na cidade de Assunção, Paraguai, em 30 maio de 1997. Na oportunidade, ficou estabelecido como prioridade do grupo "...avançar na cooperação e coordenação das políticas e tarefas relativas à segurança e à harmonização das legislações em áreas pertinentes, a fim de aprofundar o processo de integração e dar segurança aos habitantes dos países que compõem o Mercado Comum do Sul."

Desde o início de seus trabalhos, a Reunião de Ministros do Interior tem-se dedicado a temas como o combate ao narcotráfico, terrorismo, lavagem de dinheiro, contrabando, tráfico de menores, roubo/furto de veículos automotores, tráfico ilícito de material nuclear e/ou radiativo, migrações clandestinas e com a depredação do meio ambiente.

Anteriores à Reunião de Ministros do Interior do Mercosul (RMI) são realizadas três rodadas de encontros técnicos. Em cada uma delas pode haver a convocação dos seguintes grupos:

Comissão Técnica (CT/RMI): é o foro de assessoramento direto e de coordenação das ações determinadas pelos Ministros do Interior. As reuniões da Comissão Técnica ocorrem, em média, duas vezes por semestre.

Subcomissão de Seguimento e Controle (SSC/RMI): é subordinada à Comissão Técnica e se reúne uma vez por semestre com o objetivo de implementar e acompanhar as ações previstas no Plano Geral de Cooperação e Assistência Recíproca para a Segurança Regional. Para essa função, conta com o apoio dos seguintes grupos de trabalho: Delitual, Controle Migratório, Informática e Comunicações, Capacitação, Ilícitos Ambientais, Tráfico Ilícito de Material Nuclear e Radioativo e Segurança Cidadã.

Grupo de Trabalho Permanente e Grupo de Trabalho Especializado sobre Terrorismo (GTP/GTE): Criado no marco da III reunião Extraordinário de Ministros do Interior do Mercosul, realizada em Montevidéu, Uruguai, no dia 28 de setembro de 2001, a partir da "Declaração dos Ministros do Interior do Mercosul sobre Terrorismo". Seu principal objetivo é implementar as ações operativas e de coordenação previstas no capítulo VII "Âmbito Terrorismo" do Plano Geral de Cooperação e Coordenação Recíproca para a Segurança Regional. Tal grupo se reúne três vezes por semestre.

Foro Especializado Migratório: criado na XIV Reunião de Ministros do Interior do Mercosul, realizada em Montevidéu, Uruguai, em 21 de novembro de 2003, com o objetivo de estudar os impactos das migrações regionais e extra-regionais no desenvolvimento dos países do bloco; analisar e apresentar propostas ou recomendações sobre a harmonização de legislação e políticas em matéria migratória. As reuniões desse foro são realizadas três vezes por semestre.

pixel
pixel
pixel
pixel
Busca
Ok
Buscar somente no tema Cooperação Internacional
pixel
pixel
Banner de ligação com o Tire suas Dúvidas
pixel
pixel
  Você Sabia?
 Diferentemente da maioria dos países do Mercosul, que possuem ministérios distintos para tratar de assuntos vinculados à Justiça e à Segurança Pública (Interior), no Brasil esses temas estão sob a competência de um único Ministério.
pixel
pixel
pixel
pixel
Diretórios de Competência 

pixel
Retorna Sobe